Minha lista de blogs

quarta-feira, 17 de março de 2010

Corrimento vaginal.Candidíase ou monilíase vaginal.Trichomonas vaginalis.Vaginose Bacteriana - Gardnerella vaginalis.Tratamento dos corrimentos vagina





Um dos mais comuns e mais irritantes problemas que afeta a saúde da mulher é o corrimento vaginal também chamado de vaginite É uma das causas mais freqüentes de visita ao médico ginecologista. Caracteriza-se por uma irritação vaginal ou um corrimento anormal que pode ou não ter cheiro desagradável. Pode haver também coceira ou ardor na vagina ou vontade mais freqüente de urinar.
Os corrimentos podem ser causados por:

infecções vaginais

Vulvites e Vulvovaginites

infecções cervicais ou do colo do útero

doenças sexualmente transmissíveis

O diagnóstico é feito pelo médico ginecologista através da anamnese ( perguntas para a paciente ), exame ginecológico e eventualmente exames de papanicolaou ou exames de laboratórios. É bom esclarecer que nos casos de corrimentos o diagnóstico clínico tem muito valor. Portanto uma visita ao ginecologista é indispensável. Nem sempre exames de laboratório negativos significam ausência de problemas.

Lembre-se que a lubrificação normal da vagina durante o ato sexual não é corrimento. Esta lubrificação é absolutamente normal.
É um dos mais irritantes corrimentos. Provoca corrimento espesso tipo nata de leite e geralmente é acompanhado de coceira ou irritação intensa. Candida ou Monília é um fungo e a candidíase é, portanto, uma micose.

A candida aparece quando a resistência do organismo cai ou quando a resistência vaginal está diminuída. Alguns fatores são causadores desta micose:

antibióticos
gravidez
diabetes
infecções
deficiência imunológica
medicamentos como anticoncepcionais e corticóides
Eventualmente o parceiro sexual aparece com pequenas manchas vermelhas no pênis. Mas a candidíase NÃO é considerada uma doença sexualmente transmissível.

O diagnóstico é clínico, através de exames de laboratório e o papanicolaou.

O tratamento é a base de antimicóticos mas deve-se tentar tratar as causas da candidiase para evitar as recidivas.

É muito importante não confundir o corrimento por cândida com o corrimento por excesso de Bacilos de Doderlein pois neste caso o tratamento é diferente.Trata-se de um corrimento adquirido de forma sexual através de relações ou de contatos íntimos com secreção de uma pessoa contaminada. Portanto tricomoníase é considerada uma doença sexualmente transmissível.

O diagnostico é clínico e através de exames microscópicos realizados no próprio consultório médico, exames de laboratório ou pelo papanicolaou.

O tratamento é feito através de antibióticos e quimioterápicos sendo obrigatório o tratamento do parceiro sexual.É provocado por uma bactéria Gardnerella vaginalis ou por outras bactérias. Causa um odor desagradável principalmente durante a menstruação e nas relações sexuais.

Não é considerada uma doença sexualmente transmissível.

Mas o Centers for Disease Control and Prevention nos EUA define que esta doença pode estar relacionada com: Novo parceiro sexual, múltiplos parceiros sexuais. Segundo o CDC a maneira de evitar esta doença seria: Não ter relações sexuais ou contato sexual, limitar o número de parceiros sexuais próprios, não fazer duchas vaginais sem recomendação médica, e fazer o tratamento completo recomendado pelo médico.

O tratamento é a base de antibióticos e pode ser estendido ao parceiro. No homem não há sintomas da doença.

É diagnosticado pelo exame clínico, exames de laboratório e papanicolaou. Pode também ser diagnosticado por um teste químico realizado no próprio consultório médico.Conforme foi visto o tratamento correto depende da causa do corrimento. Muitas vezes o tratamento dos corrimentos crônicos vai necessitar da colaboração da mulher que será quem vai "descobrir" a causa dos mesmos fazendo uma investigação em seus hábitos.

Da mesma maneira o tratamento nem sempre será com remédios mas com mudança de hábitos e de roupas. Em alguns casos os medicamentos até pioram.

Por outro lado em alguns corrimentos é imprescindível o tratamento do parceiro para evitar a possibilidade de reinfecção.

A vagina é um mundo a parte onde existem bactérias boas chamadas de Bacilos de Doderlein que se alimentam de glicogênio que é um acúcar produzido pela célula vaginal estimulada pelos hormônios.

Estas bactérias produzem ácido lático que é o responsável pelo pH ácido da vagina e pela sua defesa contra as bactérias.



.

5 comentários:

  1. tenho corrimento a muito tempo e uma coceira horrivel.com dores no ´pe da barriga isso e normal???não sou virgem mais...e vou muito ao banheiro

    ResponderExcluir
  2. nao eh normal ... pode ser trichomonas procure um medico.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ao tomar o vermifugo Pyr-pam, usando pomada Tiadol, tive, apresentei em excesso corrimento porém sem odor, que vcs me dizem. Desde já agradeço a atenção!!
    Att, Stelma

    ResponderExcluir
  5. conceição o corrimento da doença cabdidiase eo dia todo?

    ResponderExcluir